ACOMPANHE A PREFEITURA NAS REDES SOCIAIS Facebook Twitter Youtube SoundCloud Instagram
Home|Canal do Cidadão|Projetos|Família que Acolhe (FQA)
Projetos
Família que Acolhe (FQA)

Boa Vista é a capital que mais investe nos cuidados com a primeira infância. Desde 2013, por meio do Programa Família Que Acolhe (FQA), o acompanhamento, atenção e carinho para essa fase da vida se tornaram referências em todo o País e já foram até tema de pesquisas internacionais. 

O Família Que Acolhe é uma política pública integral para a primeira infância, que cuida da criança desde a gestação até os seis anos de idade, garantindo o acesso à saúde, educação e desenvolvimento social de maneira integrada. 

Atualmente o FQA atende 7.720 beneficiários, destes 840 gestantes e 5 homens. Mães e pais que participam do FQA e da Universidade do Bebê garantem vaga para seus filhos entre 2 e 4 anos nas Casas Mães – creche diferenciada da Prefeitura de Boa Vista. São prioridade no atendimento filhos de mães de baixa renda, adolescentes, gestantes participantes do Bolsa Família, reeducandas gestantes do sistema penitenciário, famílias que recebem o Bolsa Família, cadastradas no CadÚnico e em vulnerabilidade social, que sejam identificadas pela Secretaria Municipal de Gestão Social. Além dos cuidados profissionais, orientações e serviços oferecidos, também recebem enxoval, vale transporte e saem de lá com a proposta de um novo conceito sobre o cuidar.

Para a prefeita Teresa Surita, estar internalizando e aplicando no serviço público o conceito de ser, o desenvolvimento infantil, um conjunto de saberes de diversas ciências, desde a Educação até as Neurociências, é um grande desafio. Portanto, trazer esses saberes para o dia-a-dia dos serviços de atendimento às gestantes, crianças e suas famílias, exige muito trabalho e, principalmente sensibilidade dos profissionais da rede de atendimento, incluindo assistentes sociais, cuidadores, nutricionistas, educadores, professores, agentes de saúde e médicos. 

"As parcerias de estudiosos e organizações especializadas na primeira infância, principalmente na capacitação de nossos servidores nesse trabalho, como a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, Instituto Primeiros Anos e Instituto Alfa e Beto, têm sido muito importantes. Hoje estamos ampliando essa rede, em nível internacional, com envolvimento de entidades como a Fundação Holandesa Bernard Van Leer, a University of New York e a New York Academy of Sciences”, explicou a Prefeita Teresa.

“Os três primeiros anos são para sempre”. Essa é a mensagem que a ciência define para o desenvolvimento humano. Em Boa Vista, “nós compreendemos e estamos investindo na primeiríssima (0 a 3 anos) e na primeira infância (3 a 6 anos), porque queremos uma sociedade mais saudável e igualitária”, afirma Teresa.

De acordo com o médico Marcos Davi, consultor da Maimar Desenvolvimento de Humanidades, com sede em São Paulo, as intervenções feitas na primeira infância garantem o desenvolvimento adequado dessas crianças no futuro. “É o momento que mais se obtém retorno em termos de desenvolvimento social, pois é nesse período que a criança desenvolve os primeiros sentidos para o mundo, como por exemplo: a audição e visão. É nessa fase que a criança precisa receber os estímulos corretos e em Boa Vista isso vem sendo feito”.

Em novembro de 2014, o Família que Acolhe foi reconhecido como exemplo de política integrada para a primeira infância pelo então ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Marcelo Neri, durante a palestra de encerramento do quarto Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância, ocorrido no em São Paulo.  O ministro falou que, no Brasil, o Família Que Acolhe é modelo do trabalho em rede. 

Em outubro de 2016, o Família Que Acolhe foi base para a criação de um programa do Governo Federal – “Criança Feliz” –, que está sendo implantado em todo o País para cuidar da primeira infância.

A vontade política e determinação da Prefeita Teresa Surita em proporcionar condições ao desenvolvimento infantil e ter uma sociedade comprometida com uma geração mais saudável tem feito de Boa Vista a Capital da Primeira Infância.  

 

 

 

 

Família que acolhe na mídia:

Instituto Primeiros Anos - https://www.facebook.com/institutoprimeirosanos/posts/314923615530896:0

Revista Pais e Filhos - https://www.paisefilhos.com.br/crianca/leitura-desde-o-berco-saiba-porque-essa-iniciativa-e-tao-importante/

Revista Época – o Globo http://epoca.globo.com/ideias/noticia/2016/07/ler-para-criancas-desde-cedo-estimula-habilidades-linguisticas-e-emocionais-diz-estudo.html

 

Veja mais sobre as realizações do família que acolhe:

http://www.boavista.rr.gov.br/noticias/2015/05/familia-que-acolhe-e-destaque-em-evento-nacional

http://www.boavista.rr.gov.br/noticias/2015/05/familia-que-acolhe-antecipa-dia-das-maes-e-emociona-ao-entregar-kit-enxoval

http://boavista.rr.gov.br/noticias/2016/05/familia-que-acolhe-profissionais-da-saude-encerram-ciclo-de-capacitacoes-com-foco-no-pre-natal-e-pos-parto

http://www.boavista.rr.gov.br/noticias/2016/02/familia-que-acolhe-e-referencia-nacional-para-o-marco-legal-da-primeira-infancia

http://boavista.rr.gov.br/noticias/2016/06/prefeitura-ganha-premio-com-o-programa-familia-que-acolhe-fqa

 http://www.boavista.rr.gov.br/noticias/2016/01/entrega-de-leite-para-os-integrantes-do-programa-familia-que-acolhe-ocorre-ate-dia-14


Confira mais detalhes do projeto aqui.

FALE BOA VISTA LIGUE 156
Prefeitura Municipal de Boa Vista, Trabalhar e Cuidar das pessoas
Prefeitura Municipal de Boa Vista
Palácio 9 de Julho | Rua General Penha Brasil, 1011 - São Francisco | CEP: 69305-130 TELEFONE: 156 | Boa Vista - Roraima - Brasil