ACOMPANHE A PREFEITURA NAS REDES SOCIAIS Facebook Twitter Youtube SoundCloud Instagram
Home|Notícias|SMTRAN: Agentes prestam socorro a estudante que passou mal em escola
NOTÍCIAS
Segurança
14/06/2017 09h30
SMTRAN: Agentes prestam socorro a estudante que passou mal em escola

A jovem estudante foi encaminhada até o Hospital Cosme e Silva, no bairro Pintolândia, onde recebeu os atendimentos médicos necessários
Uma equipe do Grupo Tático de Trânsito (GTT), agrupamento especial da Superintendência Municipal de Trânsito (Smtran), atendeu a uma ocorrência atípica na manhã desta terça-feira, 13, na Escola Estadual Professor Jaceguai Reis Cunha, quando socorreu uma estudante de 14 anos que passou mal durante uma aula. 
 
Segundo relato do agente Luciano Cerveira, que na ocasião coordenava a equipe, eles estavam fazendo o patrulhamento de rotina em uma viatura pelo bairro quando foram abordados por uma senhora requisitando ajuda. Tratava-se da estudante, que chegou a ter convulsões e a desmaiar. 
 
“Chegamos à escola e nos deparamos com a jovem ao chão. Os professores já tinham tentado um contato com outros órgãos de socorro, mas não havia uma viatura naquele momento para o atendimento. Nós então vimos à possibilidade de fazermos a remoção da vítima até uma unidade de saúde em nossa própria viatura”, relatou. 
 
A jovem estudante foi encaminhada até o Hospital Cosme e Silva, no bairro Pintolândia, onde recebeu os atendimentos médicos necessários. O ato foi considerado heróico pelas pessoas que acompanharam a ação. Para a diretora da Smtran, Edinalva Freitas, o agente de trânsito, além das atribuições próprias relacionadas ao trânsito, também é capacitado para prestar atendimento de socorro. 
 
“A Smtran atende a sociedade com especialização em trânsito, porém é também capacitado para atender as ocorrências de urgência e emergência, visando atender os cidadãos com eficiência e eficácia”, disse. 
 
Luciano ressaltou também que o agente de trânsito é antes um agente público, sempre disposto a atender a sociedade quando necessário. “A população às vezes não vê a diferença entre policial ou agente de trânsito. Em casos como esse, quer uma solução. E nós, como agentes do povo, devemos estar sempre prontos para lidar com situações como esta”. 
 
FALE BOA VISTA LIGUE 156
Prefeitura Municipal de Boa Vista, Trabalhar e Cuidar das pessoas
Prefeitura Municipal de Boa Vista
Palácio 9 de Julho | Rua General Penha Brasil, 1011 - São Francisco | CEP: 69305-130 TELEFONE: 156 | Boa Vista - Roraima - Brasil