ACOMPANHE A PREFEITURA NAS REDES SOCIAIS Facebook Twitter Youtube SoundCloud Instagram
Home|Notícias|Procon Boa Vista orienta consumo consciente nesse momento de crise na saúde mundial
NOTÍCIAS
Direitos do consumidor
25/03/2020 14h14
Procon Boa Vista orienta consumo consciente nesse momento de crise na saúde mundial

O órgão orienta aos supermercados que limitem a quantidade de produtos aos consumidores

 As medidas de contenção da Pandemia do COVID-19 (novo coronavirus) fez com que muitas pessoas, temendo o desabastecimento, fossem aos supermercados para a compra de uma grande quantidade de alimentos para serem estocados. Para resolver esse tipo de situação, o Procon Boa Vista orienta aos consumidores para que tomem as medidas adequadas.  

 

A secretária executiva de Defesa do Consumidor do Município de Boa Vista, Sabrina Tricot, comentou que o medo da pandemia está provocando uma corrida aos supermercados. Ela ressalta ainda que atitudes como estas podem influenciar no aumento do preço dos produtos, e prejudicar, principalmente, consumidores com baixo poder aquisitivo.

 

"Nessa corrida dos consumidores aos supermercados, a preocupação é o aumento de preços dos produtos essenciais. O estoque de itens pode fazer os preços subirem, prejudicando os menos favorecidos. A orientação, neste primeiro momento, é comprar apenas o necessário, somente o que for usado no dia a dia, para evitar excessos", esclarece Sabrina Tricot.

 

Conforme o Decreto Municipal n.º 38/2020, o Procon Boa Vista entende que supermercados e hipermercados devem limitar a quantidade de produtos que cada consumidor pode levar para casa, de acordo com os estoques disponíveis. O objetivo é possibilitar a todos os consumidores o acesso aos produtos essenciais.

 

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) proíbe ao fornecedor limitar a venda de produtos, salvo quando houver exceções. "Neste momento de crise da saúde mundial, o órgão entende que há uma situação de exceção. Porém, o consumidor sempre deve ser informado previamente", esclareceu Sabrina Tricot.

 

A população deve ter consciência para evitar os mesmos efeitos da venda do álcool em gel e das máscaras, que sumiram das prateleiras dos supermercados e farmácias. O consumidor também deve estar a tento aos produtos perecíveis e aos prazos de validade. E, nesse período de crise na saúde pública brasileira e mundial, o Procon Boa Vista recomenda cortar gastos desnecessários.

 

"Uma das formas de auxílio ao combate ao novo coronavírus é o uso do sistema delivery, que está ajudando a minimizar os impactos do COVID-19. A compra em pequenos mercados, próximos ao bairro onde os consumidores residem também pode ajudar na economia, principalmente, a manter empregos", disse Sabrina Tricot.

 

"A alimentação é muito importante para nos manter saudáveis nesse período de Quarentena. Por isso, devemos mudar nossos hábitos e tornar a refeição em família um momento de confinamento dos mais agradáveis", disse a Secretária do Procon Boa Vista.

 

O consumidor que se deparar com algum problema relacionado as relações de consumo, poderá registrar denúncia, de forma anônima, pelo E-mail do órgão procon@boavista.rr.gov.br ou pelos telefones: (95) 3625-2219, (95) 3625-2214, (95) 3625-3477 e (95) 3625-6201.

FALE BOA VISTA LIGUE 156
Prefeitura Municipal de Boa Vista, Trabalhar e Cuidar das pessoas
Prefeitura Municipal de Boa Vista
Palácio 9 de Julho | Rua General Penha Brasil, 1011 - São Francisco | CEP: 69305-130 TELEFONE: 156 | Boa Vista - Roraima - Brasil